Do planejamento à publicação: as etapas criativas no mundo digital

Marcio Gonçalves

Nem sempre é possível ser tão racional na hora de publicar algo na internet. As mídias sociais nos convidam para uma comunicação mais instantânea. Já ouvi falar que, hoje, o “conteúdo é rei” e que “quem compartilha tem poder”.

criatividade-digital-inoveduc

Talvez essas expressões tenham sido interpretadas equivocadamente e isso levou os usuários de redes sociais na internet, por exemplo, a sair por aí “postando” tudo o que pensam.

. E-book em parceria com MundoMaker ensina a planejar espaço maker

Sem tanta euforia para compartilhar conteúdo, algumas etapas podem ser seguidas para que informação de mais valor faça parte da cultura digital. Que tal planejar, coletar, organizar, criar, produzir e publicar?

. Rede promove aprendizagem criativa no ensino público
. Projeto Inova Escola estimula educação disruptiva no Brasil

É um raciocínio mais lógico para o momento atual da internet: menos discurso de ódio e mais amor, por favor.

Em tempos de vazamento de dados e de proliferação de notícias falsas, sentar para planejar me parece bastante saudável. É no planejamento que se inicia a escolha certa do que vai ser compartilhado. Depois disso, coletar informações se assemelha ao mundo jornalístico em que apurar é um processo de contrastar fatos e dados antes de dizer qualquer coisa.

Mas como planejar para publicar?

Hoje, por exemplo, o Google oferece gratuitamente a criação de sites. Imagine criar um Google Sites agora sem planejamento?

Organizar aquilo que merece ser compartilhado é outra etapa importante do processo. Nessa fase é a hora de descartar tudo aquilo que pode ter sobrado e ficado em excesso.

Digo isso porque hoje utilizo o Google Sites para criar portfólios educacionais com alunos de diferentes séries. Neste caso, revisitar o histórico do que foi feito ao longo da jornada desse estudante passamos pela etapa de organização de fotos, textos, atividades extraclasse etc.

Criar e produzir andam juntos

Quem ainda não conhece o Spark Adobe e o Canva, sugiro acessar e usá-los. Recentemente descobri o Buncee. Imagina poder criar usando podcasts, vídeos, textos, hiperlinks etc?

É criatividade com mão na massa. É errar e aprender. O aluno torna-se autor da obra e compreende etapas importantes na criação de conteúdo: edição de imagens, de texto e de áudio.

Hora de publicar e reagir aos comentários, depois de passar pelas etapas anteriores, é a esperança de tornar a cultura digital mais saudável.

Marcio Gonçalves

Marcio Gonçalves

Líder do projeto “Aula Sem Paredes”, professor de cultura digital do Fundamental I e II na Escola Eliezer Max e docente no Ibmec, na Facha e na Unesa

Ver todas as postagens publicadas por Marcio Gonçalves