CEL.LEP apresenta curso de programação estruturado pela Apple

Stand-Cel-Lep-Betto-Educar-2018-destaque
Renato Deccache
Escrito por Renato Deccache

BETT-EDUCAR-SELOO Grupo Cel.Lep, um dos maiores do país no ensino de idiomas, que no ano passado adquiriu a escola de programação MadCode, apresentou na Bett Educar 2018 o curso Everyone Can Code (ECC), criado pela Apple.

O curso foi desenvolvido para prover as escolas com as ferramentas de ensino de programação e de desenvolvimento de aplicativos, desde o nível básico até o mais avançado.

“Esse curso é um dos mais renomados no mercado. Foi lançado no fim do ano passado e visa a colocar o aluno como protagonista no processo de ensino-aprendizagem de programação”, ressalta Alexandre Velilla Garcia, presidente do Grupo Cel.

. Como a Educação 4.0 mudará nossas escolas?

O curso de programação pode ser formatado para públicos variados, que vão de crianças a partir dos 4 anos de idade até jovens do ensino médio. As aulas são ministradas em iPad e MacBook. Os dispositivos serão fornecidos às escolas que fizerem parcerias com o Cel.Lep para fornecerem ensino de programação a seus alunos. Por conta disso, todo o corpo pedagógico da MadCode está sendo treinado diretamente pelo time da Apple Education Brazil.

O Grupo Cel.Lep também traz novidades em relação ao ensino de língua inglesa. Neste segmento, ele atua há 50 anos com escolas próprias e há 20 em escolas regulares, de forma extracurricular, a partir do modelo In School.

Cel.Lep também investe forte no ensino de Inglês

Ao público presente na Bett Educar, representantes do grupo apresentaram o sistema de acompanhamento. O objetivo é prestar consultoria pedagógica às escolas, com seleção, avaliação, e treinamento do corpo docente. Entre as atividades previstas, estão visitas periódicas de consultores do grupo a colégios parceiros e elaboração de relatórios para dar suporte às decisões dos gestores.

Alexandre Garcia, presidente do Grupo Cel.Lep, ressaltou curso de programação com currículo criado pela Apple

“O material usado, inclusive, está de acordo com a BNCC. E esse acompanhamento pedagógico é fornecido não só para orientar os professores quanto ao uso desse material. Mas também em relação à arte de ensinar um novo idioma, área na qual temos 50 anos de experiência”, destaca.

O Grupo Cel.Lep trabalha com três modelos de negócios no ensino de Inglês. Um voltado para o público adulto, com foco no uso

do idioma em ambientes corporativos; o Inglês na Grade, no qual escolas podem usar a metodologia para ensinar o idioma; e a solução bilíngue, para as que desejarem adotar esse formato.

O custo para escolas tornarem-se parceiras do Cel.Lep é a partir de R$21 por aluno e por mês. Atualmente, cerca de 50 instituições usam a metodologia do grupo, que tem também 80 unidades próprias. Adquirida pelo Fundo norte-americano HIG Capital, em 2012, a empresa tem metas ambiciosas de expansão, segundo Alexandre Velilla Garcia.

“Em dois anos, pretendemos dobrar o tamanho do Cel.Lep. Para isso, triplicamos a área comercial e operacional da empresa nos últimos 18 meses. Estamos muito confiantes em bater esta meta”, destaca o presidente do grupo.

Renato Deccache

Renato Deccache

[email protected]