Currículo de programação da Apple permeia cursos da MadCode

Letícia Santos
Escrito por Letícia Santos

Durante o mês de julho, a MadCode oferecerá cursos de férias para alunos da educação infantil até o ensino médio. Os módulos são estruturados com base no programa Everyone Can Code (ECC), currículo de programação desenvolvido pela Apple. O ECC foi apresentado pelo grupo durante a Bett Educar deste ano.

Os cursos visam ao desenvolvimento de habilidades como criatividade, capacidade de resolução de problemas e o senso de trabalho em equipe. Durante as aulas, os alunos utilizarão Ipad e MacBook, além de ferramentas de ensino de programação e de desenvolvimento de aplicativos para criar programas e controlar robôs.

. CEL.LEP apresenta curso de programação estruturado pela Apple

“É essencial que crianças e jovens aprendam a programar, independentemente do campo de trabalho que desejam seguir. Queremos preparar os jovens para as demandas do século 21. Por isso, estamos promovendo uma educação com alta qualidade e inovação, investindo no que há de melhor em aprendizagem de programação”, destacou Alexandre Velilla Garcia, presidente do Grupo Cel.Lep.

São oferecidas quatro opções de cursos, cada uma voltada para uma faixa etária específica.

Conheça as opções de cursos de férias oferecidos pela MadCode

Code and Play

O curso é voltado para crianças com idade entre 5 e 7 anos. A proposta é apresentar conceitos de programação para alunos que terão o primeiro contato com esse universo. Durante as aulas, será utilizado o robô Dash, que tem capacidade de reconhecer a voz das pessoas, emitir sons e até dançar.

A ideia do curso é ensinar as crianças a controlar movimentos e sensores dos robôs, produzir efeitos luminosos e sonoros, programar os robôs para se locomoverem e resolver alguns desafios lógicos durante esse processo.

Build and Code

Este curso é destinado a crianças um pouco maiores, de 7 a 9 anos de idade. Nessa modalidade, os desafios apresentados serão um pouco mais complexos do que no Code and Play. A ideia é que os participantes construam seus próprios protótipos de robótica e testem os resultados obtidos durante as aulas.

Além do robô Dash, as crianças também poderão controlar o Sphero Mini utilizando programação em Swift e Javascript.

Alunos aprenderão a criar programas e controlar robôs durante as aulas (Foto: Divulgação)

Code the robot

Neste curso, os alunos serão convidados a participar de atividades “mão na massa” que englobam conceitos de design, engenharia, tecnologia eletrônica e programação. Para isso, eles utilizam a ferramenta Quirkbot.

Durante as aulas, os alunos poderão criar jogos, controlar sensores e a aplicação de comandos de movimentação de robôs em ambientes tridimensionais, além de construir seus projetos de robótica. Os alunos poderão, também, usar o Sphero temático do personagem R2-D2, de Star Wars, simulando movimentos e sons iguais aos do filme. O curso é voltado para crianças com idade entre 10 e 14 anos.

Hard Core Coding

O curso, destinado a estudantes de 14 anos ou mais, utilizará como ferramenta o Arduino e o Raspberry Pi. Neste curso, os participantes trabalharão com placas de microcomputadores para a produção de gadgets.

O objetivo é incentivar o protagonismo dos estudantes. Estes aprenderão, no decorrer das aulas, conceitos essenciais de robótica. Além disso,  terão a oportunidade de programar equipamentos e personalizar suas funções.

Veja também

Letícia Santos

Letícia Santos

[email protected]