Desafio estimula aprendizagem criativa em instituições públicas

desafio-aprendizagem-criativa-brasil-destaque
Letícia Santos
Escrito por Letícia Santos

A edição deste ano do “Desafio de Aprendizagem Criativa Brasil”, uma iniciativa da Fundação Lemann e o MIT Media Lab , recebe inscrições até sexta-feira, dia 9. O programa pretende apoiar soluções inovadoras que promovem uma educação mais colaborativa e “mão na massa” em instituições públicas formais e não formais de todo o Brasil.

Outra proposta é conectar e apoiar profissionais de diversas áreas — artistas, pesquisadores, educadores, desenvolvedores de tecnologia, empreendedores e tomadores de decisão — para que tenham uma participação ativa no avanço de práticas de aprendizagem criativa no país.

O programa busca projetos com capacidade de gerar grande impacto na educação de jovens de 6 a 18 anos de escolas de ensino fundamental ou médio. Também serão aceitas iniciativas desenvolvidas em ambientes não formais de aprendizagem frequentados por esses estudantes, como programas extracurriculares, centros comunitários e abrigos.

Desafio abrange projetos com diferentes propostas

Cada projeto pode indicar dois representantes. O ideal é que essas pessoas tenham experiência em educação e interesse em usar novas tecnologias para promover uma aprendizagem criativa.

A primeira edição do desafio aconteceu em 2016. Na ocasião, 11 educadores, pesquisadores, artistas e empreendedores foram convidados a conhecer e compartilhar experiências com pesquisadores e alunos do Media Lab. Já em 2017, o programa recebeu 189 propostas de projetos e oito foram selecionados para a visita aos laboratórios do MIT.

O desafio abrange diversos projetos, como: estratégias para transformação de laboratórios de informática; programas de treinamento e apoio a professores; oficinas para professores e alunos de escolas públicas utilizando materiais reciclados e sucatas; entre outros.

Selecionados ganharão uma viagem ao MIT Media Lab

Na inscrição, os candidatos devem enviar uma proposta descrevendo o projeto e as atividades que serão desenvolvidas. Além de apresentar a organização onde o projeto será implementado, público-alvo, sua relevância e a experiência dos fellows (representantes).

. Rede promove aprendizagem criativa no ensino público
. Projeto Inova Escola estimula educação disruptiva no Brasil

Uma comissão interdisciplinar de especialistas escolherá os projetos baseados nos seguintes critérios:

  • relevância
  • viabilidade
  • potencial de impacto
  • parcerias com escolas públicas, organizações de educação não formal e outros
  • diversidade da localização geográfica
  • inovação

Os selecionados participarão de encontros presenciais e reuniões virtuais mensais. Também terão a oportunidade de passar uma semana no MIT Media Lab, onde poderão conhecer, interagir e colaborar com pesquisadores e profissionais de equipes do Media Lab e fazer apresentações sobre seus projetos.

Além disso, os projetos receberão US$3 mil, que deverão ser usados para cobrir os gastos das atividades desenvolvidas.

Letícia Santos

Letícia Santos

[email protected]