Edify oferece programa de educação bilíngue para escolas

Letícia Santos
Escrito por Letícia Santos

Já desenvolvida em outros países da América Latina, como o México, a educação bilíngue ganha cada vez mais destaque no Brasil. O programa bilíngue Edify, por exemplo, trabalha o fortalecimento da oferta de inglês dentro das escolas.

Marina Dalbem, diretora de soluções educacionais do Edify, explicou que o programa funciona como uma plataforma integrada que engloba:

  • materiais didáticos
  • acompanhamento pedagógico
  • plataforma digital
  • avaliações
  • formação continuada dos professores

Programa oferece treinamento e acompanhamento para professores

 

O programa é estruturado em três pilares:

Base linguística

Existe uma base fundamentada no conceito de que o aluno pode aprender a língua naturalmente. O Edify utiliza esse fundamento, mas oferece uma base linguística que ajudará o aluno a alcançar a fluência correta.

Projetos

Os projetos são utilizados para aproximar o inglês do cotidiano dos alunos.

“Propomos que eles trabalhem, em inglês, uma situação próxima à realidade deles. Assim, vão se sentir mais dispostos e interessados no conteúdo que estão trabalhando”, disse Marina.

Perspectiva global

Diferentes temáticas são trabalhadas durante as aulas, incorporando fatos atuais que acontecem ao redor do mundo.

“Esses três pilares coexistindo fazem com que entreguemos um ensino de língua inglesa de qualidade nas escolas”, reforçou diretora de soluções educacionais.

A plataforma digital do Edify é adaptada às necessidades de cada faixa etária. Alunos do ensino fundamental 2 e do ensino médio, por exemplo, podem usar como ferramenta livros digitais, enquanto os menores fazem atividades em quadros interativos.

“Cada faixa etária tem ferramentas digitais diferentes que podem ser usadas em diversos momentos durante a aula para garantir um aprendizado personalizado”, disse a Marina.

Além disso, os estudantes também têm a opção de usar essas ferramentas para reforçar o aprendizado em casa. Assim, conseguem treinar os conceitos que ainda sentem dificuldade.

. Systemic Bilingual apresenta sua nova plataforma na Bett Educar
. Com meta de chegar a mais de 100 cidade, Maple Bear estreia na Bett

Os professores que fazem parte do programa participam de cursos de formação continuada presenciais e on-line, além de acompanhamento semanal da equipe do Edify nas escolas. Uma preocupação é ajustar as formações de acordo com a dificuldade de cada professor e escola.

“Essas duas ações, juntas, se potencializam. Dentro da sala de aula é possível identificar quais são os pontos necessários para os professores desenvolverem. Levamos para essas formações todos os conceitos que sentimos que são os maiores gaps dos professores quando entram em sala”, destacou Marina Dalbem.

Letícia Santos

Letícia Santos

[email protected]