Edtech brasileira é reconhecida mundialmente no South Summit

beetools-inoveduc-destaque
Débora Thomé
Escrito por Débora Thomé

Há apenas quatro meses a startup Beenoculus — pioneira no mercado de realidade virtual no país — apresentava ao mercado a Beetools. A escola de idiomas inovadora utiliza realidade virtual (VR), gamificação, Big Data, metodologia Flipped Classroom e inteligência artificial (AI) para incrementar o ensino de inglês.

. Beenoculus lança escola de inglês inovadora chamada Beetools

O projeto, inédito globalmente, fez tanto sucesso que a empresa curitibana se sobressaiu e foi convidada para participar do South Summit. O evento aconteceu entre os dias 3 e 5 de outubro, em Madrid, na Espanha.

Ser selecionado para participar desse evento já foi uma grande conquista. Existiam 3,5 mil startups de todo o mundo, sendo 650 na categoria Edtechs“, disse Fabio Ivatiuk, CEO da Beetools.

Como é feito anualmente, o South Summit reconheceu as melhores startups de educação, inovação e tecnologia do mundo. A Beetools ficou entre as dez melhores na categoria Edtechs.

Evento selecionou a edtech brasileira para o TOP10 internacional da categoria

A startup espanhola Amadix, desenvolvedora de produtos capazes de diagnosticar o câncer no sangue precocemente, foi a grande vencedora do South Summit.

Na categoria edtechs, a americana Sense foi a grande vencedora. É a primeira solução de Inteligência Artificial do mundo que ajuda professores a fornecer feedback personalizado para grandes quantidades de tarefas.

A Beetools alia tecnologias, como VR e Inteligência Artificial, ao acompanhamento de um professor presencial. Dessa forma, consegue fazer com que o aluno tenha um resultado mais eficiente para praticar o idioma em um ambiente virtual, no qual se sente à vontade para utilizar todo o inglês que aprendeu.

No sistema de franquias, o investimento inicial é a partir de R$ 290 mil reais. Cinco unidades da Beetools começaram a operar no início de julho de 2018, em Curitiba (PR). Com 24 franquias vendidas outras 15 abrirão até dezembro nos estados de Alagoas, Paraná e São Paulo.

Débora Thomé

Débora Thomé

Editora-chefe
[email protected]