Escola Técnica do Rio de Janeiro é a campeã do 1º Desafio TACK

TACK-Festival-logo-inoveduc-destaque
Débora Thomé
Escrito por Débora Thomé

O Parque Lage sediou a etapa final do Desafio TACK Rio, realizada pela ID Cultural, no último fim de semana. Foram dois meses de atividades realizadas por dez grupos de cinco estudantes de escolas de ensino médio da cidade.

O grupo vencedor, eleito por um júri de profissionais, foi a Escola Técnica do Rio de Janeiro (ETERJ). Os estudantes desenvolveram o QR Culture. O aplicativo dá visibilidade aos artistas do grafite das comunidades, de forma inovadora.

. TACK Festival mistura tecnologia, inovação, educação e cultura

Os campeões participarão do Brazil Conference 2019, em abril, em Harvard e MIT. Também receberam R$ 10 mil reais em recursos humanos (designer, programador, mentoria) para desenvolver o Produto Mínimo Viável (MVP).

O júri da etapa final foi composto por Rodrigo Fontes, da Cultura Inglesa; Bianca Bastos, do BR Malls; Pedro Moll, da Rede D’Or São Luiz; João Araujo, do Brazil Conference; Marcelo Flora, da BTG Pactual Digital; Izaias Miguel, da Visagio, e Bety Tichauer, da ONG Junior Achievement Brasil.

Equipe vencedora do Desafio TACK desenvolveu app que valoriza grafites de rua

Os alunos André Luiz, Lucas Coelho, Vinícius Maitan, Eduardo Guerson e Pedro Augusto elaboraram o QR Culture para valorizar a arte, o artista e sua origem. Como a discriminação e a exclusão limitam o trabalho e o reconhecimento dos moradores das comunidades, o QR Culture prevê a união dos dois mundos por meio da arte e da cultura.

Desafio TACK vencedor inoveduc

A equipe campeã do Desafio TACK Rio (Foto: Divulgação)

A ferramenta terá a função de ser um verdadeiro “Contador de histórias”. O aplicativo terá um leitor de QR Code e poderá ser baixado no PlayStore ou Apple Store. O maior diferencial é que todos os grafites ganharão vida na tela do celular por meio da realidade aumentada.

Cada grafite também terá um QR Code localizado ao seu lado, em pontos estratégicos e, quando o usuário realizar a leitura através do smartphone, será redirecionado para o site do projeto, que apresentará a história da arte e do artista.

Segundo Michel Mesquita, coordenador do ensino médio da ETERJ, o Desafio Tack Rio veio de encontro a proposta pedagógica da escola.

É necessário criar estratégias e meios que possibilitem a participação mais direta dos jovens no desenvolvimento social e econômico local. Assim, podem ser preparados para o exercício da cidadania e qualificados para o mercado de trabalho”, disse Mesquita.

Débora Thomé

Débora Thomé

Editora-chefe
[email protected]