Future Education seleciona para o programa de aceleração EdTech Growth

Letícia Santos
Escrito por Letícia Santos

De acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira de Startups em 2017, apenas uma em cada quatro startups sobrevivem aos primeiros cinco anos de atividades. Participar de um programa de aceleração pode ser uma alternativa para ajudar esses empreendedores a enfrentar menos riscos na hora de colocar suas ideias em prática.

A Future Education está com inscrições abertas até o dia 10 de janeiro de 2018 para seu programa de aceleração, o EdTech Growth. A aceleradora é a primeira organização da América Latina voltada para o desenvolvimento de startups de educação, escolas inovadoras e educação disruptiva,

. InovAtiva mostra expansão no mercado brasileiro de startups em edtech

Startups em estágio inicial (Ideação, Validação ou Lançamento) ou em estágio de crescimento e consolidação (Fusões e Aquisições) podem se inscrever. O programa é 100% prático e oferece mentoria, validação direta por intermédio de uma rede de instituições (escolas-piloto), aprofundamento sobre o mercado e a cultura do setor educacional, além de técnicas e conceitos de gestão e empreendedorismo.

Startups participarão de mentorias com empreendedores experientes

Para 2018, o programa apresenta uma novidade: a oportunidade de continuar o processo de aceleração nos EUA ou no México. Porém, essa extensão internacional dependerá de uma avaliação que será realizada em conjunto com aceleradoras parceiras (LearnLaunch, StartED e Teclabs). Entre os fatores analisados estão: estágio da startup, potencial de mercado, capacidade de internacionalização e dedicação do time.

Última edição do Edtech Growth, em 2017 (Foto: Divulgação)

Serão cinco meses de duração do programa. A validação da ideia será feita diretamente em escolas, universidades, empresas e com pais e estudantes.

Durante o período, um time com experiência em empreendedorismo trabalhará em conjunto com as startups. Eles vão prestar auxílio nos seguintes aspectos: definição do roadmap do produto/serviço, estruturação das áreas de marketing e vendas, finanças, liderança e gestão de pessoas, relacionamento com o cliente, relacionamento com o investidor, métricas e avaliação de resultados.

. E-book feito em parceria com a Future Education ensina a criar uma edtech
. Crianças de 5 a 16 anos criam suas primeiras startups na SuperGeek

A equipe da startup participará de mentorias e treinamentos presenciais. Além disso, o grupo terá acesso a atividades e mentorias online.

Em 2017, um total de 16 startups foram aceleradas no EdTech Growth. Pablo Sales, CEO da Kanttum, foi um dos participantes. O empreendedor destacou a contribuição do programa para o desenvolvimento do seu negócio.

“O programa EdTech Growth da Future aportou na Kanttum: conhecimento de mercado, relacionamento, governança e senso crítico na gestão. Isso contribuiu para os resultados de curto e médio prazo da nossa startup. Entramos no programa sem um objetivo claro para os próximos anos. Quando saímos, tínhamos um portfólio de soluções bem definidos, testados, validados e com proposta de investimento para analisarmos”, disse.

Letícia Santos

Letícia Santos

[email protected]