Aprender brincando: especialista destaca uso de jogos na sala de aula - Inoveduc

Aprender brincando: especialista destaca uso de jogos na sala de aula

WhatsAppFacebookShare
Núria Guzmán Sanjaume foi uma das primeiras palestrantes da Bett Educar 2017. Foto: Eric Ribeiro

Aprender brincando seria eficaz? É isto que a pesquisadora e psicóloga espanhola Núria Guzmán Sanjaume mostrou em sua palestra na Bett Educar 2017. A especialista em necessidades educacionais dos alunos com dislexia e dificuldades de aprendizagem mostrou as práticas de ensino adotadas na Espanha baseadas no uso de jogos.

O projeto, que teve início fora da escola, com ajuda a alunos com dificuldades de aprendizagem, rapidamente ganhou as escolas. “Cada jogo pode desenvolver diferentes competências e capacidade, por isso deve estar dentro da sala de aula. O cérebro tem dois aspectos de desenvolvimento: a brincadeira e a socialização e os jogos unem os dois”, apontou Núria.

A especialista ainda apontou aspectos favoráveis da implantação da prática na sala de aula como aprender a respeitar regras, o desenvolvimento da empatia e do trabalho em equipe e o controle emocional. “O cérebro aprende mais com experiências. Aprendemos rápido aquilo que gostamos e o que nos emociona”, enfatiza a especialista.

A pesquisadora atentou para a importância de todo um trabalho na rede escolar para que todos os profissionais sejam capacitados e façam parte do processo de evolução da educação por meio de jogos. Segundo ela este vem sendo o segredo do sucesso na Espanha. “Estamos implantando a capacitação de professores em escolas públicas e privada para que aprendam a ensinar por meio de jogos. A Educação está mudando na Espanha, e não pelas leis, mas sim pelos professores”, completa.

Igor Regis

Igor Regis

igor.regis@folhadirigida.com.br

Ver todas as postagens publicadas por Igor Regis