Colégio Bandeirantes se antecipa e faz reformulação no ensino médio

BETT-EDUCAR-SELOEnquanto as escolas trabalham a adequação dos seus currículos ao que determina a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) da educação infantil e ensino fundamental, os gestores educacionais ficam atentos às movimentações da reforma do ensino médio. O novo modelo propõe uma grade curricular mais flexível.

A ideia é manter uma estrutura comum e obrigatória (BNCC), mas permitir que os estudantes tenham autonomia para escolher disciplinas eletivas ou cursos técnicos, de acordo com sua preferêcia. A BNCC do ensino médio ainda não foi aprovada, a versão final do documento foi encaminhada para o Conselho Nacional de Educação e será submetida a audiências públicas nas cinco regiões do país.

A primeira audiência está marcada para a próxima sexta, dia 11 de maio, em Florianópolis. Também estão marcadas audiências em São Paulo (8/6), Fortaleza (6/7), Belém (10/8) e Brasília (29/8).

. Especialista destaca importância das reformas no ensino médio

No entanto, algumas escolas estão se adiantando neste sentido e reformulando suas matrizes curriculares para o ensino médio. Este é o caso do Colégio Bandeirantes, escola-modelo parceira da Microsoft.

Colégio dá autonomia aos estudantes para decidirem quais disciplinas querem estudar

Durante a Bett Educar, será realizado um tour na escola para apresentar aos visitantes como as escolas utilizam alta tecnologia e ferramentas de produtividade no dia a dia para engajar os alunos no ambiente escolar. A visita acontecerá no dia 11 de maio.

. Agenda de palestras e workshops gratuitos na Bett Educar

No colégio, os alunos assistem, normalmente, aulas de todas as disciplinas obrigatórias, mas podem escolher as disciplinas eletivas que desejam cursar. Entre as mais concorridas estão:

  • Matemática aplicada a solução de problemas
  • Economia
  • Democracia
  • Direitos humanos
  • Física aplicada a medicina
  • Economia, política e sociedade global
  • Microorganismos e o processo de aplicação
  • Biotecnologia
  • Representação da sociedade brasileira na literatura e no cinema

Mayra Ivanoff Lora, diretora pedagógica do Colégio Bandeirantes, destacou que o conteúdo das disciplinas estão estruturados para um semestre. Assim o aluno pode trocar de área mais rapidamente caso não esteja satisfeito com a escolha anterior.

Disciplinas têm duração de seis meses e alunos podem trocar de área se desejarem (Foto: Arquivo Colégio Bandeirantes)

Para que essa transformação pudesse acontecer de maneira eficaz, Mayra explicou que os professores passaram por um longo período de preparação.

Outra tendência forte na escola é a aplicação da metodologia STEAM. Mayra destaca que a metodologia estimula diversas competências nos alunos, sobretudo, a autonomia.

“Conseguir discutir com os alunos através de projetos de problemas, é conseguir fazer eles enxergarem uma mesma situação sob diferentes aspectos. Paralelamente a isso, eles conseguem escolher qual é o tema de interesse deles para trabalhar dentro do projeto. É um ganho de autonomia para decidir o que eles vão trabalhar”, enfatizou.