Educação 360 - Tecnologia: painel jovem é um dos destaques do evento

Coordenadora do Educação 360 – Tecnologia avalia evento: ‘Muito rico’

WhatsAppFacebookShare

O encontro internacional Educação 360 – Tecnologia foi realizado no último dia 7, no Museu do Amanhã – Rio de Janeiro. Essa foi a primeira vez que a plataforma de comunicação Educação 360 realizou um seminário voltado especificamente para tratar temas relacionados à tecnologia e educação. Para Roberta Ferraz, coordenadora da plataforma, o balanço é positivo.

“Foi um dia super rico. Tivemos cinco mesas de debates, com três palestrantes em cada uma. Então tivemos aqui 15 experiências bem diferentes e muito ricas no sentido de juntar os impactos positivos da educação e da tecnologia.”

seminário-educação-360-tecnologia-2017
Auditório ficou lotado para os debates do Educação 360 – Tecnologia (Foto: Mariana Durmmond)

Painel jovem foi destaque

Roberta destacou os painéis jovens como um dos destaques do evento. “Fiquei muito satisfeita com o altíssimo nível de qualidade de discussão dos painéis jovens”, apontou. A coordenadora do seminário enfatizou que os jovens aproveitaram a oportunidade para trocar experiências.

“Eu estava ouvindo o depoimento de uma jovem que mora nos Estados Unidos. E ela estava contando para os outros jovens como é a experiência na escola dela. Lá ela pode escolher as matérias pelas quais se interessa mesmo que não tenha nada a ver com o curso que está fazendo. No mesmo painel tinha um menino, que estuda rede pública brasileira de ensino, contando como funciona a escola dele. Então houve uma troca muito rica e interessante ali no painel jovem.”

Um dos temas debatidos nas palestras foi justamente a necessidade de as escolas darem mais abertura para participação de jovens nas decisões que envolvem suas rotinas escolares. Roberta reconheceu que no evento Educação 360 também faltava esse espaço, onde os estudantes pudessem participar ativamente.

“É a primeira vez que fizemos esse painel jovem. Sentíamos falta desse debate no Educação 360. Estamos todos aqui discutindo o futuro deles e eu não via eles aqui presentes no evento. Então foi uma decisão nossa dar esse espaço para os jovens este ano, para eles contarem o que estava ruim no ponto de vista deles e também sugerirem soluções.”

Marc Prensky pretende voltar na próxima edição do evento

A coordenadora da plataforma Educação 360 destacou também a palestra magna do escritor americano Marc Prensky. “Foi bem interessante. Ele perguntou muito quantos professores estavam ali presentes na plateia e procurou dar esse olhar de orientação, de como temos que lidar com essa nova geração para que ela seja valorizada e consiga se empoderar para o século 21.”

Roberta ressaltou que o evento superou suas expectativas também em relação ao conteúdo abordado nas mesas de debates. “Na hora que fazemos a curadoria, temos uma noção do principal sobre o que cada um vai falar. Quando eles vêm com uma apresentação mais aprofundada, realmente torna tudo muito mais interessante. Foram debates muito bons para quem gosta de educação e de tecnologia”, enfatizou.

Em relação ao público, o resultado também foi positivo. Os ingressos para participar das palestras e também dos painéis jovens esgotaram em menos de 48 horas. “Acho que as pessoas gostaram muito. Tivemos a casa cheia e todas as mesas tiveram lotação esgotadas no teatro.”

Ainda não há nada planejado para o próximo Educação 360 – Tecnologia. Roberta afirmou que alguns palestrantes estão muito animados e pretendem voltar na próxima edição: “O Marc Prensky, por exemplo, quer voltar e trazer a Esther (Esther Wojcicki), que é a sócia dele.  Está todo mundo empolgadíssimo e isso é muito legal, porque vemos que os palestrantes também curtem muito vir falar sobre essas experiências e é um momento para que eles também troquem conteúdo e informações.”

Letícia Santos

Letícia Santos

leticia.santos@folhadirigida.com.br

Ver todas as postagens publicadas por Letícia Santos