#CPBSB: próximas edições devem trazer o ‘Palco Educação’ como novidade

WhatsAppFacebookShare

Campus Party Brasília InoveducPelo menos 5 mil campuseiros e 64 mil pessoas circularam entre os palcos e as bancadas da Campus Party em Brasília, realizada entre os dias 14 e 17 de junho na capital federal.

Tonico Novaes, diretor-geral do evento, disse que o feedback recebido por parte do público foi o melhor possível.

“Vimos muitas famílias na Open Campus, área aberta ao público. As pessoas se interessando por tecnologia. Entendem que isso faz parte da vida delas. É preciso se inteirar melhor sobre os assuntos abordados na CPBSB.”

A Arena contabilizou, durante os quatros dias de eventos, mais de 250 horas de programação.

Além de palcos temáticos sobre inovação, empreendedorismo, ciência e outros assuntos voltados para tecnologia, também houve espaço para workshops, hackathon e muitas outras iniciativas que agradaram milhares de campuseiros.

Segundo Tonico, os campuseiros não procuravam por uma determinada iniciativa, já que todos os ambientes da Campus Party conversavam entre si.

Palco Educação pode ser novidade para próximas edições

Assim como os demais setores da sociedade, a área de Educação precisa de investimento para se adequar aos avanços e a implementação de novas metodologias que auxiliem a relação entre professor e aluno.

De acordo com Tonico, se compararmos a Educação de hoje com a de 50 anos atrás, não vemos diferença, não vemos avanço. O que reforça o debate e a provocação feita a todos os campuseiros da edição de Brasília.

“A educação precisa de muita iniciativa para melhorar, seja por meio da tecnologia, seja por novas ideias”, ressaltou.

 

Ainda sem data estabelecida para ser inaugurado, o palco Educação é um dos projetos em pauta. Há grandes possibilidades de surgir nas próximas edições.

“Pretendemos trazer dois palcos. Um é de educação e o outro é voltado para fintech e blockchain. Ambos são necessários para a compreensão de um futuro próximo”, disse.

Perguntado sobre a possibilidade de acontecer uma edição da Campus Party no Rio de Janeiro, Tonico informou que chegaram bem próximos de levar o evento até a Cidade Maravilhosa. No entanto, as negociações deram uma “esfriada”.

“Não sei se para este ano, mas temos planos de ir para o Rio. Queremos ir para todas as cidades do Brasil. A Campus Party é muito importante para levar legado para toda sociedade”, finalizou.

Cinthia Guedes

Cinthia Guedes

cinthia.guedes@folhadirigida.com.br

Ver todas as postagens publicadas por Cinthia Guedes