Startup Mastertech ensina programação através de cursos imersivos

Startup Mastertech ensina programação em cursos imersivos

WhatsAppFacebookShare

Promover cursos imersivos para ensinar programação, desenvolver aplicativos e gerenciar projetos, entre outros recursos. Essa é a proposta da startup Mastertech, que busca ser uma plataforma de desenvolvimento de habilidades do século 21. Isso tudo com um diferencial de peso no mercado: a alta taxa de empregabilidade de seus alunos.

De acordo com Felipe Barreiros, sócio-fundador da Mastertech, cerca de 90% dos alunos conseguiram emprego em um prazo de até três meses após terminar o curso. Barreiros destaca também que muitos deles voltam ao Mastertech para auxiliar nas aulas e ensinar pessoas que estão participando do curso.

A ideia do projeto surgiu de uma experiência do próprio Felipe. Há nove anos, ele era funcionário da Microsoft e nos seus primeiros meses na empresa passou por atividades imersivas.

“Tive a sensação de que precisava desenvolver uma iniciativa onde pessoas pudessem passar pela experiência que vivi. Não conhecia nada de tecnologia, área em que ia trabalhar, e durante um período imersivo passei por uma experiência que transformou minha visão sobre tecnologia”, explica ele.

Imagem-Felipe-Barreiros-e-Camila-Achutti-Mastertech
Felipe Barreiros e Camila Achutti, da Mastertech

Em 2014 Felipe conheceu sua sócia, Camila Achutti. Ela usava os vídeos que Felipe postava no Youtube para ensinar a programar.

Nesta época, ele já havia criado o projeto Maratona de Aplicativos. Nele, alunos do ensino médio eram desafiados a criar apps que resolvessem de um problema da educação.

Quando os dois começaram a trabalhar juntos, o projeto – que até então impactava cerca de 120 pessoas – passou a atingir 1.600, em 26 estados. Em 2015 o número chegou a 10 mil.

Nesse momento os sócios perceberam que estavam prontos para dar o passo seguinte: “Precisávamos capacitar e profissionalizar essas pessoas”, disse Felipe.


Mastertech oferece cursos com aulas práticas e estudos baseados em cases reais

No início foram cogitadas algumas opções de investimento, porém as propostas não estavam de acordo com os planos de Felipe e Camila.

“Estávamos construindo o Mastertech para que ele pudesse ser sempre sustentável. Uma das coisas que eu mais recomendo para quem quer montar um negócio é fazer com que ele pare de pé desde o primeiro dia”, destaca Felipe Barreiros.

Os cursos da Mastertech trabalham com aulas práticas. Deste modo os alunos testam as ferramentas e entendem o que dá certo ou não. Tudo é feito a partir de cases reais. “Sempre convidamos empresas a participar e dar opinião em cima do nosso currículo, para saber quais as tecnologias mais utilizadas e as ferramentas mais aplicadas”, ressalta Felipe.

Outro ponto destacado foi a questão dos professores do Mastertech estarem atuando ativamente no mercado de trabalho.

“Uma vez que alguém vira totalmente professor, sai do mercado e começa instantaneamente a se desatualizar. Mesmo que ele comece a procurar novas ferramentas e novas tecnologias, não necessariamente serão aquelas que estão sendo usadas no dia a dia”, enfatiza ele.

Design Thinking e Gestão de projetos também estão entre as opções de cursos

 

Imagem-curso-imersivo-mastertech-RJOs custos relativos aos cursos variam de acordo com a modalidade pretendida pelo participante. Além de cursos de programação, são oferecidos cursos de Design Thinking, Gestão de Projetos, entre outros.

No início, os professores eram pessoas conhecidas dos sócios. Atualmente a seleção é mais formal. No processo de seleção, o candidato precisa fazer uma aula teste de 20 ou 30 minutos via chat. Além disso, são feitas perguntas para identificar como aqueles professores vão lidar com situações do dia a dia.

Leia também: Finep lança programa para financiar startups com aporte R$ 50 milhões.

Felipe finaliza deixando uma dica para quem deseja criar uma startup, uma empresa ou algum outro projeto. “Faça algo que tenha muito a ver com você, que tenha sua experiência pessoal no meio do caminho, porque através disso você vai encontrar uma resposta sobre como se desenvolver e como conseguir fazer tudo isso crescer e florescer.”

Letícia Santos

Letícia Santos

leticia.santos@folhadirigida.com.br

Ver todas as postagens publicadas por Letícia Santos