Estudantes podem se inscrever na Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) até 26 de maio

Olimpíada Brasileira de Robótica inscreve até 26 de maio

WhatsAppFacebookShare

Imagem-divulgação - Olimpíada Brasileira de Robótica - obrEstudantes de ensino fundamental, médio e técnico podem participar da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). Mas, quem deseja se inscrever precisa se apressar, pois o prazo termina no dia 26 de maio. Não é preciso pagar nenhuma taxa de inscrição.

As inscrições devem ser feitas pelo site da OBR ou na página da Olimpíada no Facebook. Na página, o estudante pode consultar um manual, que detalha os procedimentos necessários para a inscrição de alunos e equipes.

Só podem participar da OBR alunos que tenham até 19 anos de idade. Os estudantes interessados precisam fazer um cadastro no site da Olimpíada. A partir daí, é preciso que um professor ou tutor, que também deve ser cadastrado no site, inscreva o aluno. O docente pode cadastrar vários participantes mas só poderá formar grupos de no mínimo dois e, no máximo, quatro inscritos.

As equipes da Olimpíada Brasileira de Robótica competirão em dois segmentos. O nível 1, primário, será voltado aos alunos do atual ensino fundamental de 9 anos ou equivalente; Já o nível 2, secundário, é destinado aos alunos do ensino médio, técnico (ou equivalente), incluindo alunos matriculados em cursinho pré-vestibular.

Olimpíada Brasileira de Robótica tem duas fases

A competição tem duas etapas. Na modalidade teórica, os estudantes farão uma prova escrita preparada por uma comissão de professores (Comitê de provas) da OBR. Essa modalidade é realizada em uma ou duas fases, dependendo do nível em que se encaixar o aluno, e é aplicada simultaneamente em todas as escolas participantes do país.

A segunda etapa da OBR é a da modalidade prática. Nela, é proposta uma tarefa aos grupos participantes, que precisam construir um robô para executá-la. Esta fase é dividida em duas: uma regional e outra nacional, da qual participam os classificados na fase dos Estados.

A OBR tem o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e de diversas instituições em todo Brasil. Em 2017, a coordenação geral do evento em nível nacional é feita pela UFSCar. Diversas instituições participam da organização nacional da competição, entre elas, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e a Universidade Estadual Paulista (Unesp).

Renato Deccache

Renato Deccache

renato.deccache@folhadirigida.com.br

Ver todas as postagens publicadas por Renato Deccache