Fundação Lemann e LearnZillion firmam parceria para criar recursos curriculares para escolas brasileiras - Inoveduc

Fundação Lemann e LearnZillion firmam parceria para criar recursos curriculares para escolas brasileiras

WhatsAppFacebookShare
lemann recursos curriculares inoveduc
Jorge Paulo Lemann

Um desenvolvedor de conteúdo americano e uma fundação e uma plataforma educacional brasileiras acabam de firmar parceria em
torno de um projeto grandioso. O objetivo é criar recursos curriculares ligados aos padrões nacionais de aprendizado do país mais populoso da América Latina.

O LearnZillion e a Fundação Lemann estão unidos para fornecer currículo alinhado aos padrões brasileiros. O projeto fornecerá conteúdo acadêmico por meio da plataforma curricular LearnZillion.

A empresa americana se descreve como curriculum-as-a-service — que pode ser traduzido como currículo como serviço. O sistema baseado na nuvem permite aos educadores obter, reordenar e alterar lições.

A plataforma, que combina conteúdo proprietário e com licença aberta, já é vendida para distritos escolares americanos.

O terceiro parceiro no projeto é a Nova Escola, que se define como a maior plataforma que fornece conteúdo e serviços aos professores e administradores escolares no Brasil. A Nova Escola é apoiada pela Fundação Lemann.

Correndo “por fora”, a Google.org também integra o projeto. A empresa proporciona uma subvenção à Nova Escola para pagar a criação de novos recursos curriculares e a “localização” da tecnologia LearnZillion.

Os recursos curriculares já estarão disponíveis em 2018

learnzillion recursos curriculares inoveducO currículo digital será lançado no Brasil no início de 2018. Estará totalmente disponível para professores em todo o Brasil no próximo ano, disseram os parceiros em seu comunicado.

O LearnZillion permite que os professores usem e adaptem uma variedade de recursos acadêmicos. Além de vídeos e conteúdos interativos, é possível editar as lições de acordo com a necessidade.

Segundo informou Eric Westendorf, CEO da empresa, em uma entrevista, o LearnZillion tem conteúdo revisado e escolhido por “equipes de sonho” de professores em todo o país.

Os materiais curriculares serão criados na plataforma LearnZillion por educadores que serão selecionados e liderados pela Nova Escola.

“Nova Escola é uma fonte confiável para professores no Brasil, e a organização trabalhará com educadores e escolas para projetar materiais atendidos às suas necessidades, disse Alix Guerrier, presidente e co-fundador da LearnZillion.

* Com informações de Sean Cavanagh, editor senior da EdWeek Market Brief
Débora Thomé

Débora Thomé

Editora-chefe
debora.thome@folhadirigida.com.br

Ver todas as postagens publicadas por Débora Thomé