Plataforma Estante Mágica estimula capacidade de ler e escrever

Plataforma Estante Mágica estimula capacidade de ler e escrever

WhatsAppFacebookShare

Estante-Magica-plataforma-inoveduc

A contribuição da tecnologia para o melhor desenvolvimento das atividades escolares já não é nenhum segredo. O que talvez nem todos saibam é que, com ela, os estudantes também podem virar autores dos seus próprios livros. A interação entre a escrita e a leitura é o que move a Estante Mágica, plataforma que oferece projetos pedagógicos para escolas.

Inconformados com o modelo de educação do país e completamente apaixonados por livros, os advogados Pedro Concy e Robson Melo investiram, inicalmente, R$5 mil na estruturação do projeto. Contação de histórias nas escolas e livraria virtual infantil foram algumas das primeiras iniciativas. Em 2011, eles chegaram ao formato atual.

“A solução veio de intensa troca com escolas e alunos do Rio de Janeiro. O grande propósito é desenvolver a capacidade plena da leitura e da escrita entre crianças de todo o mundo, para que possam ser protagonistas das suas próprias histórias”, disse Robson Melo.

O advogado empreendedor destacou as atividades realizadas pela Estante Mágica como uma maneira de impactar e transformar toda a comunidade escolar: crianças, familiares e escola. E que só assim é possível promover uma real transformação no ambiente escolar.

Parceria com as escolas é gratuita

A parceria com as escolas é gratuita. A empresa disponibiliza o acesso completo às ferramentas de projetos pedagógicos. A instituição cadastra os seus alunos, escolhe o plano de aula que deseja aplicar com cada turma e gera um material personalizado para a criação da história do autor. Após esse processo, os textos são transformados em e-books.

stante-Magica-plataforma-inoveduc
Os e-books podem ser vistos na plataforma ou ‘transformados’ em livros físicos, com um pequeno custo nesse caso (Foto: Divulgação)

“Disponibilizamos os e-books gratuitamente aos responsáveis. Durante todo o projeto eles têm acesso à nossa plataforma, voltada aos pais e familiares. Por lá, conseguem acompanhar a evolução do projeto, encomendar exemplares físicos do livro e participar ativamente do projeto da criança, inserindo fotos e escrevendo uma biografia personalizada do autor.”

Os pais, familiares e amigos dos pequenos autores podem encomendar o livro físico no site da Estante Mágica. E é daí que vem o retorno financeiro da plataforma.

Projeto de expandir atuação no ensino básico

Atingir toda a educação básica e ampliar a gama de projetos e aplicações a fim de desenvolver a capacidade plena da leitura e da escrita. Esses são os principais planos da empresa, que esteve recentemente no estande da Light na Bienal do livro do Rio de Janeiro.

“A Light é uma empresa parceira que apoia ativamente nosso projeto. Além dela, temos a ‘Parceiros da Educação do Rio de Janeiro’, que amplifica o nosso impacto em escolas públicas do estado. As secretarias de educação também cumprem um papel importante nessa expansão para a rede pública”, disse Robson Melo.

Cinthia Guedes

Cinthia Guedes

cinthia.guedes@folhadirigida.com.br

Ver todas as postagens publicadas por Cinthia Guedes