Lançamento da plataforma Pró-Escolas traz MT para a era digital

Lançamento da plataforma Pró-Escolas traz MT para a era digital

WhatsAppFacebookShare

Incorporar tecnologia ao processo educacional. Esse é um dos objetivos do Pró-Escolas Digital, recém-lançado pelo Governo do Estado do Mato Grosso em parceria com os institutos Inspirare, Natura e Vivo. O projeto é uma extensão da Escola Digital, desenvolvida pelos institutos em 20 estados brasileiros.

A parceria, sem custos ao estado, permite que alunos, professores e toda a comunidade escolar tenham acesso a uma plataforma digital como ferramenta e complemento de estudo, além de inserir Mato Grosso no processo tecnológico educacional.

Caio Valiengo, representante da Rede Escola Digital, explicou que a ferramenta incorpora tecnologia à sala de aula. “A aula ficará mais interessante e dinâmica. Atualmente, são mais de 20 mil recursos disponíveis no portal, sendo que 9 mil deles podem ser usados offline, ou seja, independem de uma conexão de internet.”

 

Para o governador Pedro Taques, além do processo tecnológico, é necessário valorizar o professor em sala de aula. “Também dou aula em cursos a distância, geralmente para 80 mil alunos online; o mais importante nesse processo é o professor”, disse Taques.

Nessa plataforma, o professor é aliado da secretaria de Educação, não só na utilização dos conteúdos já inseridos no portal, mas também no compartilhamento de novos conteúdos, técnicas e metodologias.

“Não podemos competir com os smartphones. Temos que pensar em novas formas de ensinar. É para isso que entra o programa do Pró-Escolas e o eixo inovação, pensados pelo secretário Marco Marrafon e por sua equipe desde o começo de sua gestão na Seduc”, lembrou Taques.

Personalização do ensino é destaque da plataforma

A ferramenta oferece mais de 10 mil recursos digitais de forma gratuita e reúne os melhores conteúdos da internet. Para a Superintendência de Educação Básica, a Escola Digital ajudará os professores a organizarem aulas mais atrativas, interessantes e engajadas. A exemplo do que já é feito na rede municipal de Salvador/BA e nas escolas do Estado do Paraná.

Seduc-Pro-Escolas-Digital-Inoveduc Foto-Junior-Silgueiro-SeducMT
Governador do Mato Grosso Pedro Taques participa do lançamento da Escola Digital (Foto: Junior Silgueiro-Seduc/MT)

E também pode auxiliar os alunos a estudar sozinhos, de forma proveitosa, pois oferece objetos diferentes. Os estudantes da rede estadual passam a ter acesso a jogos, vídeos, vídeo-aulas, áudios, infográficos. Cabe a cada aluno a escolha de como estudar.

“É com essa compreensão que a Seduc firmou a parceria com os institutos para colocar à disposição dos professores, coordenadores pedagógicos e professores os meios digitais que serão incorporados no processo de aprendizagem dos alunos”, destacou a superintendente de Educação Básica, Mirta Kehler.

MT tem programa de investimento em inovações tecnológicas 

O Pró-Escolas Digital é uma ação do eixo Inovação, o maior programa de investimentos da história da Educação de Mato Grosso, com um orçamento de R$ 360 milhões para estrutura escolar até 2018.

Dentro desse eixo, a secretaria inaugurou a Arena da Educação, um estádio-escola; implementou o Programa Conectar, que entregou 1,2 mil tablets para auxiliar a aprendizagem de Língua Portuguesa e Matemática; lançou o projeto que levará internet de qualidade para 100% das escolas estaduais; e criou um portal educacional de alta tecnologia.

Débora Thomé

Débora Thomé

Editora-chefe
debora.thome@folhadirigida.com.br

Ver todas as postagens publicadas por Débora Thomé