Rec’n’Play une tecnologia, empreendedorismo e inovação no Recife

Rec’n’Play une tecnologia, empreendedorismo e inovação no Recife

WhatsAppFacebookShare

O Bairro Antigo do Recife será palco de um festival de inovação e empreendedorismo. Durante quatro dias, o Rec’n’Play unirá arte, cultura, ciência e tecnologia na capital pernambucana.

A iniciativa do Porto Digital, em parceria com a Ampla Comunicação e o Grupo Duca, com patrocínio da Prefeitura da Cidade do Recife e o Governo de Pernambuco, além de apoio do Sebrae, acontecerá de 30 de novembro e 3 de dezembro.

 

O projeto desenvolvido pelo Porto Digital é voltado para as áreas de empreendedorismo, tecnologia e economia criativa. O objetivo é fomentar os polos de tecnologia e o turismo do Recife. A programação já está disponível no site do evento.

Evento já lista mais de 150 atividades

Games, cidades inteligentes, robótica, torneios de e-esportes, internet das coisas e shows musicais estão entre os segmentos a serem explorados. Divididos em “trilhas”, os temas das atividades — já ultrapassaram 150 — buscam uma interação entre os segmentos de educação, entretenimento e negócios. Tudo com curadoria de profissionais de cada segmento.

“Não posso dizer que a programação está fechada. Até a véspera, algo mais pode ser incluído. Na verdade, até no mesmo dia uma coisa nova pode surgir”, disse o produtor executivo do Rec’n’Play, Ugo Portela.

A proposta é que as atividades da programação não aconteçam de forma isolada, mas “conversem entre si”. A ideia é proporcionar ao público uma interação entre temas semelhantes. A expectativa é de que 30 mil pessoas participem do festival.

Também está prevista a realização de hackathons. A maratona de hackers, programadores, desenvolvedores e inventores para a criação de soluções digitais acessíveis aos cidadãos. Entre os locais que receberão atividades estão a Jump, Apolo Beer Café, Softex Recife, Paço do Frevo, Centro Cultural Correios, Paço Alfândega e ruas e praças do Recife Antigo.

bairro-antigo-recife-inoveduc
O Bairro Antigo do Recife, cartão-postal da capital pernambucana (Foto: Divulgação)

Inspiração para o Rec’n’Play vem de festival americano

A inspiração veio de outros festivais semelhantes que acontecem pelo mundo. Principalmente o South by Southwest® (SXSW®) Conference & Festivals, realizado em Austin (EUA), que também mistura economia criativa, tecnologia e empreendedorismo e, em 2017, gerou um impacto econômico de US$ 348 milhões para a capital do Texas.

“Claro que não adianta copiar uma fórmula e trazer para cá, não funciona dessa maneira. Temos que adaptar. Queremos fazer o ‘North by Northeast'”, disse Portela.

Parte da programação será aberta e gratuita (as que acontecem em espaços públicos) e outra parte terá uma entrada. Os valores variam: por dia (R$ 39,90 a meia-entrada, R$ 49,90 o ingresso social e R$ 79,80 a inteira) ou o passe para os quatro dias (R$ 119,90 a meia-entrada, R$ 124,90 o ingresso social e R$ 239,80 a inteira). Pequenos e micro empresários podem adquirir a “Entrada Sebrae”, com preço diferenciado. Vendas na internet.

Débora Thomé

Débora Thomé

Editora-chefe
debora.thome@folhadirigida.com.br

Ver todas as postagens publicadas por Débora Thomé