Conheça o TED, pós gratuita para professores da rede pública

WhatsAppFacebookShare

Uma visita ao Centro Lemann para o empreendedorismo e Inovação na Educação Brasileira, nos Estados Unidos, em 2015, mudou o destino da Braz Cubas – instituição de ensino superior de Mogi das Cruzes, em São Paulo. Dessa inspiração nasceu o projeto TED (Transformando a Educação).

Desde então, os profissionais envolvidos com o TED estão inovando em vários cursos da Braz Cubas. Com o apoio de renomados especialistas, a Braz Cubas iniciou uma nova trajetória na educação brasileira. O resultado é um modelo de aprendizagem inovador — sem avaliação ou disciplinas, mas projetos — e gratuito para professores de escolas públicas.

“O perfil dos alunos mudou, principalmente entre aqueles nascidos na Era Digital. A revolução na educação é uma necessidade que requer profissionais capazes de transformar o ensino na sala de aula. Para isso, esses professores do futuro precisam de ferramentas que os fortaleça e instigue a promover disrupções na educação”, disse José Maria Silva Junior, relações institucionais da Braz Cubas.

O projeto tem como uma das principais iniciativas a pós-graduação em Gestão da Aprendizagem, que está na primeira turma. Participam 42 professores de escolas públicas, dos ensinos básico ao médio.

Metodologia inovadora é baseada no desenvolvimento de projetos

Uma das grandes novidades do curso é rever o conceito de avaliação. Sem provas, notas ou conceitos, o professor/estudante é avaliado pelo resultado do seu projeto.

“Tudo o que se desenvolve durante o projeto conta como produção e não avaliação”, explicou Silva Junior.

A metodologia se resume da seguinte forma:

A metodologia desenvolvida tem a intenção de oferecer à educação brasileira um novo modelo de aprendizagem, que possa ser expandido para outras instituições. Em 2018, a Braz Cubas oferecerá a pós em Gestão da Educação em um dos seus polos no Estado de São Paulo.

Um modelo de expansão para outros estados ainda está sendo definido. O que pode passar por parcerias com prefeituras, por exemplo. Outra forma de universalizar o acesso às soluções e inovações construídas durante o curso são as publicações online, que serão abertas para a consulta de todos.

Mensalidade do TED é custeada pela Braz Cubas

A mensalidade é custeada pela própria Braz Cubas. Os professores participantes da pós são selecionados a partir dos projetos que desejam desenvolver nas escolas onde atuam. Dos 42 inscritos, 30% são de educação inclusiva — voltados para crianças com dificuldade no aprendizado.

O curso está sendo desenhado enquanto ocorre, de acordo com as necessidades de aprendizagem de cada aluno e seguindo as exigências do MEC.

“A qualidade da educação é nossa preocupação há tempos. Buscamos soluções para melhorar o ensino público porque percebemos um ciclo vicioso — professores que têm dificuldade para ensinar porque precisam se familiarizar com novas metodologias e tecnologias — e alunos que saem das aulas sem aprender”, disse Silva Junior.

Para avaliar os primeiros resultados e sugerir melhorias contínuas, um grupo de especialistas em Educação analisa o andamento, as metodologias e os novos rumos do TED.

Nomes como José Moran, fundador da Escola do Futuro e que trabalha soluções educacionais inovadoras; Lilian Bacich, do Instituto Singularidades; Silvana Tamassia, do Instituto Elos; Caio Dib, do projeto Caindo no Brasil; além de Luciana Allan, do Instituto Crescer; e Maria Slemenson, do Instituto Natura, participaram do primeiro encontro de avaliação.