Tencent investe US$40 milhões em startup de edtech na Índia

WhatsAppFacebookShare
Byju Raveendran, fundador da Byju’s – Reprodução Youtube

A startup de edtech inidiana Byju’s vem se mostrando um case de sucesso não só pelo número de usuários, mas pela captação de investimentos.

Avaliada em US$775 milhões, a empresa conseguiu recentemente um novo aporte no valor U$S40 milhões do conglomerado chinês Tencent. A iniciativa tem como objetivo acelerar o desenvolvimento de produtos para novos mercados.

Além da Tencent, a Byju’s já conta com investimentos do Verlinvest, grupo de investidores belga, que aplicou este ano US$30 milhões na startup.

A empresa também é a única stratup asiática financiada pela Chan Zuckerberg Initiative (CZI),  que pertence ao fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, e sua esposa, Priscilla Chan.

A captação de recursos fez com que a Byju’s adquirisse recentemente outras edtechs, como a TutorVista e Edurite, da editora britânica Pearson.

“Isso torna nosso forte portfólio de investidores ainda mais diversificado. Na Byju’s, tivemos a sorte de ter investidores que sempre desempenharam um papel crucial como parceiros em nossa história de crescimento. Com o aumento da consciência da marca e a forte adoção entre os alunos, este ano esperamos que a receita dobre novamente e seremos rentáveis ​​durante todo o ano”, disse Byju Raveendran, fundador da Byju’s.

. Startup focada em mobile learning prevê 100% de crescimento em 2017.

APP da Byju’s já é usado por mais de 8 milhões de estudantes

A aplicativo da startup (Byju’s Math App), lançado em 2015, já é utilizado por mais de 8 milhões de estudantes e conta com 400 mil usuários pagando a taxa anual de 10 mil rúpias (R$ 492). Além disso índice anual de renovação da assinatura é de 90%.

A plataforma cria programas de aprendizagem personalizados para alunos com base em seus níveis de habilidade, fazendo com que cada um aprenda a seu ritmo.

“Byju’s surgiu como o líder claro no setor indiano de tecnologia da educação. Nós compartilhamos a missão de Byju de transformar a educação através da criação de experiências de aprendizagem personalizadas para estudantes. Estamos ansiosos para fazer parceria com Byju’s nesta viagem emocionante”, disse Hongwei Chen, executivo Diretor de Investimento da Tencent.

Saiba mais sobre a startup Byju’s

A Byju’s foi fundado em 2011 e sua sede fica em Bangalore, na Índia. A empresa já atua no Oriente Médio e planeja expandir para EUA, Reino Unido, África do Sul e África. O lançamento do edtech arrecadou US$250 milhões e, além da Chan Zuckerberg Foundation, contou com capital de diversas empresas de tecnologia e grupos de investidores

 

Com informações do portal The Economic Times

Infográfico conta a história da Byju's
Infográfico conta a história da Byju’s
Igor Regis

Igor Regis

igor.regis@folhadirigida.com.br

Ver todas as postagens publicadas por Igor Regis