Uninter é prioneira em plataforma própria de armazenamento em nuvem

WhatsAppFacebookShare

Estudantes e professores de todo o país trocam uma grande quantidade de dados. Para facilitar o acesso a essas informações, muitos estão optando por usar plataformas de armazenamento em nuvem em vez de pen drives, cartões de memória, entre outros dispositivos de armazenamento.

Atento a esse cenário, o Centro Universitário Internacional (Uninter) desenvolveu uma plataforma de armazenamento em nuvem para ser utilizada por seus estudantes em todo o Brasil.

Uninter-Cloud-Pagina-Inoveduc
A recém-lançada plataforma entra em fase piloto, com testes durante 90 dias (Foto: Divulgação)

O objetivo da Uninter Cloud é promover uma aproximação entre os alunos, especialmente os de ensino à distância, e, também, a troca de informações entre estudantes e professores.

“Trata-⁠se de um serviço inédito e gratuito que aproxima ainda mais os estudantes de todo o país e dá agilidade ao estudo. Toda a plataforma foi desenvolvida e será administrada pela Uninter. O que permite aprimorar o sistema de forma rápida, sem depender de uma outra empresa”, explicou Maurício Maistro Bianchi, gerente do setor de Tecnologia da Informação da Uninter.

Plataforma colabora com a rotina de estudos dos alunos

Além de armazenar arquivos, os usuários podem usar a plataforma para produzir trabalhos em grupo, acessar calendários, compartilhar documentos e tarefas e realizar videoconferências e chats.

. Grupo Unip-Objetivo Armazenará seus conteúdos na Microsoft Azure

A instituição é a primeira a oferecer esse tipo de serviço para alunos e professores. Além do próprio Bianchi, três desenvolvedores estiveram envolvidos na construção da plataforma.

“Temos estrutura suficiente para atender todos os estudantes, com até 5 gigabytes para cada um. Tudo dependerá da demanda e do uso da plataforma”, afirmou Bianchi.

Foram realizados alguns testes internos de funcionalidade. Agora, a plataforma entrará em fase de teste piloto, com uma duração de 90 dias. Durante o período, os desenvolvedores avaliarão a capacidade de entrega da plataforma e se os alunos se identificarão com a Uninter Cloud.

Uninter está preparada para atender até 500 mil estudantes

A princípio, os primeiros a usar a plataforma serão os 17 mil estudantes das turmas EAD de Engenharia. A ideia é que o projeto avance gradativamente, até alcançar os mais de 190 mil estudantes da instituição.

Bianchi destacou, ainda, que durante esse período inicial de uso da plataforma os alunos poderão fazer sugestões. Dessa forma, ajudar os desenvolvedores a identificar outras funcionalidades necessárias.

. O que você está esperando para usar big data na educação

A Uninter conta com um Data Center com 900 terabytes em espaço de armazenamento e mais de 400 servidores virtuais. Com essa estrutura, o centro universitário tem capacidade para atender 500 mil alunos.

“Nossa capacidade é para atender o dobro do número de alunos e usar 65% a mais em dados, se compararmos com o que utilizamos hoje”, destacou Bianchi.