O peso da tradição na inovação do ensino superior

inovaçao-ensino-superior-inoveduc
Norton Moreira
Escrito por Norton Moreira

O ano de 2017 foi de extrema importância para a educação — tanto aqui no Brasil, quanto fora do país. O uso das tecnologias em salas de aula e de metodologias ativas têm ganhado espaço como pauta das instituições de ensino e de outras empresas prestadoras de serviço na área da educação.

. 7 previsões de tendências inovadoras em ensino-aprendizagem para 2018

E embora a maneira como essas modernizações foram feitas e a intensidade com que chegaram às salas de aula variem de instituição para instituição, de país para país, podemos dizer que há uma vantagem comum a todas essas mudanças: as necessidades do estudantes estão virando prioridade.

Ganharam espaço discussões sobre Trilhas de Aprendizagem Personalizadas, sobre EAD como alternativa/opção de inclusão social e digital, e sobre o uso de metodologias ativas. Depois de anos correndo atrás do prejuízo e tentando colocar a prática a par de toda a teoria pedagógica, podemos finalmente dizer: estamos chegando perto de uma educação inovadora.

Cautela para derrubar barreiras

O simples fato de estarmos mudando traz à tona uma outra questão para a qual nós, educadores, administradores de instituições de ensino e fornecedores da área, precisamos estar preparados: a resistência. A inovação no ensino não encontra barreiras apenas nas instituições de ensino e nos professores: o ser humano tem dificuldade para lidar com qualquer mudança.

. Medo de inovar: por que professores do século 21 ainda passam por isso?

Logo, é prudente tratar do assunto com a cautela que lhe cabe, e é importante considerar os alunos e seus pais como partes do processo.

Depois de 17 anos trabalhando na área de edtech e tendo parcerias com alguns dos principais grupos educacionais do Brasil, reuni alguns feedbacks que podem ajudar sua instituição de ensino a se preparar para lidar com o peso da tradição e a resistência às mudanças.

Algumas delas certamente estão por vir

Norton Moreira

Norton Moreira

Especialista em educação a distância e gestão do conhecimento e CEO da DTCOM — uma das maiores produtoras de conteúdo para EAD e Educação Continuada do país