O que é Problem Based Learning (PBL)?

Juliana Favorito
Escrito por Juliana Favorito

Aprendizado Baseado em Problemas (PBL) é uma metodologia ativa de ensino onde os alunos ganham conhecimento e habilidades enquanto resolvem problemas. A sigla vem do inglês Problem Based Learning (PBL). Foi adotada, inicialmente, pela Universidade McMaster, no Canadá, e de Maastricht, na Holanda, em 1969.

Em resumo, PBL integra saber e fazer. A metodologia prima pelo desenvolvimento de habilidades críticas de pensamento e resolução de problemas nos alunos.

. Metodologias Ativas – Parte 3: Método do Caso
. Metodologias Ativas – Parte 2: Aprendizagem Baseada em Equipes
. Metodologias Ativas – Parte 1: Aprendizagem Baseada em Projetos

Também enfatiza o aprendizado auto-dirigido. Ou seja, centrado no estudante, que passa a ser o principal gerador de conhecimento ao procurar ativamente a informação que necessita para resolver um determinado problema.

O ensino — ou melhor, a aprendizagem — é orientado pelos problemas apresentados. O objetivo é que o aluno resolva tudo autonomamente. O papel do professor neste sistema passa a ser, fundamentalmente, o de um orientador do trabalho dos estudantes.

. Celso Lisboa e Inoveduc promovem curso sobre metodologias ativas

É fundamental os estudantes perceberem que a essência da sua formação depende deles próprios. A metodologia do PBL é considerada ideal para os estudantes que:

– Têm iniciativa para estudar por conta própria
– Sentem-se à vontade formulando objetivos de aprendizado flexiveis mesmo que apresentem, por vezes, alguma ambiguidade
– Aprendem melhor com leitura e discussão

Como funciona a dinâmica em PBL

O processo de aprendizagem com base em PBL começa quando os estudantes são confrontados com um problema. Desse início ao fim — a apresentação de uma solução —, a duração, em média, é de uma semana. Os alunos são separados em grupos de, no máximo 12 participantes.

. Metodologias ativas de ensino privilegiam o protagonismo dos alunos

O professor (ou tutor) faz uma sessão de uma hora e meia, geralmente uma aula presencial, onde é apresentado o caso. É o primeiro, dos chamados “7 passos do PBL”, que tradicionalmente são percorridos na aplicação da metodologia. Paralelamente, o tutor fornece informação adicional. Na última sessão, fecha-se o caso.

Os casos analisados com este método constituem a coluna vertebral do plano curricular. Pode (e deve) ser complementado com seminários dados por especialistas e trabalho pessoal e de grupo dos estudantes. No PBL, os projetos são centrados nos objetivos de aprendizagem dos alunos e incluem alguns elementos essenciais. Aperte o play para conhecê-los:

Os 7 passos para utilizar a metodologia PBL

Uma das principais características da metodologia PBL é trabalhar a transdisciplinaridade. No processo, envolve-se competências e temáticas pertencentes a várias matérias escolares.

. O que é Teal Based Learning (TBL)?

As habilidades para o século 21 são desenvolvidas ao longo de toda a jornada. Com destaque para autonomia, curiosidade, resolução de problemas e comunicação interpessoal.

O modelo tradicionalmente aplicado na metodologia segue os chamados “7 passos da PBL”, que são:

Juliana Favorito

Juliana Favorito

[email protected]