O que é 4ª Revolução Industrial?

WhatsAppFacebookShare

selo-o-que-eOs sistemas ciberfísicos capazes de se comunicar — entre si e com os humanos — são o cerne da chamada 4ª Revolução Industrial. Robôs integrados em sistemas são responsáveis por uma transformação radical nos dias de hoje.

Sua principal característica é a convergência de tecnologias digitais, físicas e biológicas com base em tecnologias como:

-computação em nuvem
– internet das coisas
– big data
– blockchain
– inteligência artificial
– biotecnologia

Entre seus principais pontos destacam-se as mudanças profundas nas áreas de transporte, finanças, saúde e varejo. Ao nível pessoal, a automação transformará nossas residências e a forma como nos transportamos pelas cidades. O que vem por aí, de acordo com os seus teóricos, mudará o mundo como o conhecemos.

O que já está acontecendo. Em larga escala e a toda velocidade.

Uma característica que diferencia a 4ª Revolução Industrial de todas as anteriores é que agora todos os setores sociais são afetados.

4.0 já impõe mudanças no mercado de trabalho

Economistas do mundo inteiro já admitem que as transformações que vêm sendo geradas na indústria exigem que todo o sistema econômico seja reestruturado. Também chamada de 4.0, a nova revolução acontece após três processos históricos transformadores.

A atual mudança traz consigo uma tendência à automatização total das fábricas. O motor que impulsiona tamanha revolução é a capacidade computacional ilimitada propiciada pela Tecnologia da Informação. O que vem por aí, dizem os teóricos, é uma “fábrica inteligente”.

. CESAR School, no Recife, prepara profissionais de olho no futuro

O que os acadêmicos têm na cabeça quando falam de Revolução 4.0: nanotecnologias, neurotecnologias, robôs, inteligência artificial, biotecnologia, sistemas de armazenamento de energia, drones e impressoras 3D.

Mas toda essa mudança traz uma parte mais controversa. A 4ª Revolução pode acabar com 5 milhões de vagas de trabalho nos 15 países mais industrializados do mundo.

Revolução 4.0 já interfere em treinamento e na educação

Profissionais que atuam tanto com vendas quanto no setor produtivo já precisam desenvolver novas competências para lidar e manusear soluções digitais. E líderes empresariais já perceberam a necessidade de investir em treinamento e ferramentas a 4ª Revolução Industrial.

Algumas dessas reestruturações da lógica industrial, social e econômica já podem ser observadas. Tudo viabilizado pela expansão da computação em nuvem e a internet das coisas (IoT), que convergem em sistemas que associam máquinas a processos digitais para tomada de decisão — o Machine Learning.

Esses reflexos da Revolução 4.0 também atingem a educação. Suas transformações fazem, gradualmente, com que a maioria das tarefas repetitivas possam ser realizadas automaticamente.

. Como a educação 4.0 mudará nossas escolas?
. Educação desconstruída será capaz de formar profissionais do futuro

A saída para preservar o espaço no mercado de trabalho é a educação continua e o desenvolvimento de habilidades voltadas para criatividade, comunicação e tecnologia da informação, neurociências e genética.