Startup Pontue ajuda alunos do ensino médio a elaborar redação para o vestibular

pontue-destaque
Juliana Favorito
Escrito por Juliana Favorito

Grande parte dos alunos do ensino médio têm dificuldades em elaborar uma redação. O que pode prejudicar muito na hora de passar pelo vestibular e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Foi essa percepção que motivou a professora e examinadora de bancas de vestibulares Cristiane Miura a criar a startup Pontue.

A professora explicou que muitos estudantes chegam no terceiro ano do ensino médio com uma grande dificuldade de estruturar um texto. Foi quando ela percebeu que esse bloqueio dos alunos não era somente um problema local, mas educacional.

. Jovem de 18 anos cria app que ajuda na preparação para redação do Enem

A plataforma tem como principal objetivo aprimorar a escrita dos vestibulandos, para que esses alunos possam ser aprovados nas faculdades. Cristiane Miura comentou ainda que, em alguns vestibulares, a redação compreende 30% da nota final.

Plataforma permite que alunos enviem redação por meio de fotos

Por meio do aplicativo — disponível para android e IOS —, os alunos recebem o tema da semana da redação, sempre às segundas-feiras. Dessa forma, têm até o domingo para enviar o texto por meio de uma foto. Após isso, os estudantes recebem, na quarta-feira, a correção gravada em vídeo, com avaliação, explicações e soluções para os problemas textuais.

“Os temas são autorais, sempre pensados de acordo com os fatos da atualidade. Assim, aumentamos as chances dos vestibulandos, deixando-os mais preparados para o dia da prova. Isso porque os vestibulares sempre cobram temas recentes referentes às questões sociais, políticas e culturais do nosso país.”

O número de textos que cada aluno poderá enviar, por mês, depende do plano contratado. Variam entre R$25 e R$120. Além das redações corrigidas, os estudantes também têm acesso a videoaulas para o Enem e vestibulares de universidades paulistas de peso, como USP, Unesp e Unicamp.

Uma das interfaces da plataforma (Foto: divulgação)

A especialista explicou, ainda, que para os alunos conseguirem realizar o login no aplicativo é necessário esperar o pagamento constar no sistema. Um e-mail é enviado para o estudante com esses dados. Só então fica liberado o acesso ao aplicativo.

Plataforma permite tirar dúvidas por meio de assessoria

Um das vantagens do uso da plataforma é a disponibilidade de assessoria para tirar dúvidas dos vestibulandos. Além do material digital das aulas e indicação de textos e livros para ampliar os argumentos.

. 5 apps que todo ao candidato ao Enem deve ter no smartphone

Um dos desejos de Cristiane Miure é aumentar o número de vestibulares que a plataforma atende, principalmente para aqueles que não apresentam o mesmo estilo do Enem. “Se falarmos sobre Uerj e UFF, por exemplo, estaremos abordando outros gêneros textuais, outros tipos de textos.”

A Pontue é uma das startups participantes do quinto ciclo de aceleração do Sevna Startups. A empresa também foi vencedora do Startup Weekend Education, em 2015, e do Founder Institute, em 2017, o maior programa global de aceleração de startups.

Juliana Favorito

Juliana Favorito

[email protected]

Leave a Comment