Professora brasileira está na final do ‘Nobel da Educação’

debora-garofalo-nobel-da-educacao-inoveduc-destaque
Débora Thomé
Escrito por Débora Thomé

A professora paulistana Débora Garofalo é uma das dez finalistas do Global Teacher Prize, o “Nobel da Educação”. O prêmio é realizado pela Varkey Foundation, que elege, anualmente, o melhor professor do mundo. A cerimônia de entrega acontecerá no dia 24 de março, em Dubai.

. O que acontece quando a sala de aula é vista como espaço de inovação

A brasileira foi selecionada entre dez mil candidatos de 179 países. O grande vencedor será escolhido entre os dez finalistas e leva 1 milhão de dólares. Para saber quais são os critérios dessa escolha, aperte o play!

Finalistas foram anunciados por Hugh Jackman

Com formação original seja em Letras e Pedagogia, Débora Garofalo chamou atenção com suas aulas na Escola Municipal Almirante Ary Parreiras, na periferia de São Paulo, construindo helicópteros, máquinas de refrigerante e carrinhos automáticos.

. Quase sem recursos, professora cria modelo maker em escola pública

O anúncio dos dez finalistas foi feito em vídeo pelo ator Hugh Jackman.

Outros nove professores concorrem ao título, entre representantes de Reino Unido, Holanda, Japão, Argentina, Estados Unidos, Quênia, Índia, Geórgia e Austrália. No ano passado, a conquista foi da britânica Andria Zafirakou.

Outros professores brasileiros estiveram no ‘Nobel da Educação’

No ano passado, a Varkey Foundation, responsável pelo prêmio, divulgou uma pesquisa inédita que relaciona bons resultados no PISA à valorização dos professores. O Brasil foi o último do ranking, entre 35 países. O objetivo do Global Teacher Prize, criado há cinco anos, é justamente chamar a atenção do público para a importância destes profissionais.

. Global Teacher Prize 2019 recebe inscrições de professores de todo o mundo

A Varkey Foundation é associada à Fundação Victor Civita para ampliar o reconhecimento do trabalho realizado por educadores nas mais diversas áreas. No Brasil, a FVC tem feito isso há mais de 20 anos por meio do Prêmio Educador Nota 10, o maior e mais importante prêmio da Educação Básica brasileira, e um dos mais respeitados no segmento na América Latina.

O Global Teacher Prize já teve entre seus finalistas dois brasileiros vencedores do prêmio Educador Nota 10, realizado pela Fundação Victor Civita (FVC). No ano passado, chegou à última etapa do “Nobel” da educação o professor Diego Mahfouz Faria, Educador do Ano de 2015. Em 2017, esteve entre os indicados do prêmio global o capixaba Wemerson da Silva Nogueira, Educador do Ano de 2016.

Débora Thomé

Débora Thomé

Editora-chefe
[email protected]