Plataforma Prova Fácil permite correção de provas automatizadas

prova-fácil-inoveduc-destaque
Juliana Favorito
Escrito por Juliana Favorito

A plataforma Prova Fácil tem como objetivo tornar digital e automatizada todas as principais rotinas manuais de criação, aplicação e correção de provas. O objetivo da empresa é desenvolver soluções de software que consigam atuar nos principais problemas dos educadores.

A Prova Fácil foi criada após uma análise dos problemas enfrentados por professores. Além da dificuldade de trabalhar com as avaliações no dia a dia. De acordo com Adriano Guimarães, CEO da Prova Fácil, grande parte da rotina de um educador é manual, o que toma muito do tempo desses profissionais.

“Isso também dificulta concentrar esforço na criação de um bom conteúdo de avaliações. Só assim consegue determinar o conhecimento aprendido. Além de poder trabalhar com os resultados das considerações para melhorar os gaps de aprendizagem.”

. Corrigindo provas no tablet: a tecnologia e os professores

Os educadores que usam a ferramenta conseguem ganhar tempo, já que a rotina é automatizada. Além de ser possível analisar os resultados de forma rápida e, compreender o que precisa ser melhorado para os alunos.

Prova Fácil permite a criação de banco de questões

Uma das funções da plataforma é permitir aos professores a criação de provas melhores devido ao banco de dados disponível na Prova Fácil. “O aplicativo tem um banco de questões robusto e inteligente, com material calibrado e testado pela própria ferramenta.”

. Aplicativo ‘Simplifica’ faz correção automática de provas

Além disso, o aplicativo — disponível para android e IOS — também conta com as seguintes funcionalidades:

  • Correção automática
  • Estatística de erros e acertos
  • Exercícios onlines
  • Banco de questões compartilhado
  • Diagramação automática de provas

A Prova Fácil ainda tem como vantagem o uso do aplicativo para a correção por meio do celular. Guimarães explicou que para reduzir o tempo do professor gasto com a correção, o educador pode realizar o exame enquanto aplica.

“Enquanto o exame é aplicado em sala, o professor pode usar seu smartphone para que, ao fim do tempo de prova, os resultados já estejam integrados e processados na plataforma.”

Funcionamento da Prova Fácil é dividida em quatro partes

Segundo o CEO do aplicativo, a ferramenta funciona basicamente com quatro módulos que permeiam todas as atividades: criação, geração, aplicação e correção de provas.

Juliana Favorito

Juliana Favorito

[email protected]