Recode lança iniciativa gratuita que integra educação e tecnologia

redode-alia-educação-tecnologia-inoveduc-destaque
Débora Thomé
Escrito por Débora Thomé

Há mais de 20 anos atuando no campo do empoderamento digital, a Recode acaba de lançar mais uma iniciativa. O Movimento Recode nasce com o objetivo capacitar jovens em situação de vulnerabilidade para o uso ético e cidadão da tecnologia com cursos online gratuitos.

O projeto, que integra educação e tecnologia, é dirigido a jovens com faixa etária entre 14 e 29 anos. As inscrições podem ser feitas no site Movimento Recode.

Recode-alia-educação-e-tecnologia-inoveduc

Cursos são gratuitos (Foto: Divulgação)

A expectativa é cadastrar, até 2019, 1.300 instituições. Será implementado por meio da adesão de bibliotecas públicas e comunitárias, escolas da rede pública e organizações sociais. Todos serão reconhecidos como centros de empoderamento digital.

Ao propor atuação em escala, a Recode espera contribuir para reverter o cenário identificado neste ano pelo Banco Mundial. Os dados revelam que cerca de 50% dos jovens brasileiros perdem interesse pelos estudos e correm risco de serem excluídos do mercado de trabalho.

Enxergamos esses espaços como polos de transformação, ajudando a formar jovens que serão estimulados a usar a tecnologia para estudar, trabalhar, empreender e buscar soluções criativas para os problemas de suas comunidades”, disse Rodrigo Baggio, presidente da Recode.

Cursos de educação e tecnologia 100% online ou no modelo híbrido

A formação será 100% online ou no formato híbrido, com acompanhamento presencial de um educador. Uma plataforma digital oferece conteúdo personalizado para os jovens. A metodologia própria desenvolve competências do século 21, como resolução de problemas, criatividade, comunicação e colaboração.

Podem se inscrever no Movimento Recode escolas da rede pública, bibliotecas públicas e comunitárias e organizações sociais.

A única exigência é que tenham no mínimo três computadores e acesso à internet para uso da comunidade. Os cursos têm duração média de 20 a 40 horas. Abrangem temas como:

  • prototipagem de aplicativos
  • criação de páginas web
  • gestão de projetos
  • introdução à lógica e programação
  • preparação para o mundo do trabalho e empreendedorismo
  • realidade virtual e aumentada
  • inteligência artificial

Com 23 anos de atuação, a Recode está presente em sete países com 600 centros de empoderamento digital. Já alcançou mais de 1,7 milhão de pessoas.

Débora Thomé

Débora Thomé

Editora-chefe
[email protected]