Site disponibiliza conteúdos de Matemática por meio de REA

Letícia Santos
Escrito por Letícia Santos

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) divulgou recentemente mais uma novidade para os alunos dos cursos de exatas. O site “Disciplinas de Matemática” reúne, por meio de recursos educacionais abertos (REA), diversos materiais de três disciplinas: geometria analítica; cálculo diferencial e integral de uma variável; e cálculo diferencial e integral.

Marcelo Firer, professor do Departamento de Matemática da Unicamp, explicou que essas são disciplinas básicas em qualquer universidade, e que os alunos apresentam certa dificuldade, pois existe um gap entre a Matemática do ensino médio e a universitária.

O objetivo é oferecer, gratuitamente, um espaço para compartilhamento de materiais de apoio com garantia de qualidade.

Estudantes de outros países já acessam a ferramenta

Firer contou que o site funciona como um facilitador para os estudantes que buscam materiais para complementar os estudos. Na página, esses estudantes podem acessar:

  • Referências Bibliográficas
  • Exercícios
  • Videoaulas
  • Aplicativos e applets ilustrativos
  • Notas de aula
  • Provas e avaliações de diversas universidades

“O site não faz milagres. É um complemento onde as pessoas podem encontrar conteúdos para auxiliá-las. É uma contribuição significativa pelo seu amplo alcance. Mas ela não substuitui as aulas”, alertou Firer.

Professores também podem usar a página para elaborar provas e listas de exercícios. Para essas funcionalidades é necessário fazer um breve cadastro no portal.

. Plataforma estimula compartilhamento de materiais didáticos

O site foi lançado, oficialmente, no início deste ano. Firer destacou que estudantes de outros países também estão utilizando aos conteúdos disponíveis. Em março, a oitava cidade que mais acessou ao “Disciplinas de matemática” foi Maputo, em Moçambique.

“Nós selecionamos recursos que estão livres e que permitem reutilização sem fins lucrativos. Na página, temos cursos inteiros gravados em vídeos que selecionamos de universidades reconhecidas como a Unicamp, UMFB e MIT.”

O professor explicou que o próximo passo é avaliar o que está funcionando ou não, e futuramente pensar em ampliações. “Queremos reformular algumas funcionalidades adicionais e ampliar também o catálogo de disciplinas”, disse.

Letícia Santos

Letícia Santos

[email protected]