Também tem tecnologia e educação no Rock in Rio, bebê!

Game-XP-Rock-in-Rio-Foto-Marcia-Costa-Inoveduc
Letícia Santos
Escrito por Letícia Santos

Música, diversão, games, tecnologia, educação e cultura. Mais de seis mil alunos de 84 escolas da rede estadual tiveram a oportunidade de conhecer o Game XP, o espaço de jogos do Rock In Rio. A visitação à Cidade do Rock foi uma ação conjunta da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), Oi e da organização do espaço.

Game XP, espaço de jogos do Rock In Rio (Foto: Marcia Costa)

Na ocasião, os estudantes puderam interagir e jogar games novos e antigos. Além de pesquisar sobre o universo tecnológico e o mercado atual dos videogames. A segunda semana do evento começa nesta quinta, 21, e o espaço Game XP voltará a funcionar.

“A ideia de abrir o evento para os jovens é incentivar a criação de novas carreiras e encorajá-los a pensar em uma formação do futuro”, disse o secretário de Estado de Cultura do Rio, André Lazaroni.

Segundo Wagner Victer, secretário da Seeduc, outra proposta é utilizar os jogos para auxiliar no processo de ensino dos alunos.

“O principal objetivo da visita foi possibilitar que os estudantes tenham essa experiência e associem esse conhecimento às atividades pedagógicas, pois diversos professores utilizam jogos em sala de aula como ferramentas de ensino para melhorar o aprendizado dos alunos.”

Secretaria promoverá outras iniciativas que aliem educação e tecnologia

Usar jogos eletrônicos em sala de aula tem se mostrado uma forma eficaz de trabalhar diversos conteúdos com alunos. Muitos desconhecem, entretanto, alternativas para fazer desta diversão uma futura carreira profissional.

Segundo a Seeduc, a experiência foi positiva. Alunos e professores  puderam visualizar novas formas de incorporar o universo dos games com atividades pedagógicas em sala de aula.

Ainda de acordo com a secretaria, outras atividades para integrar recursos tecnológicos no ambiente escolar serão promovidas em breve.

O evento NAVE+, por exemplo, será realizado no Colégio Estadual José Leite Lopes — que integra o projeto NAVE — nestas sexta e sábado, 22 e 23 de setembro.

Durante o evento, serão realizadas palestras e debates sobre diversos temas. Entre eles: inovação social, mercado de games e aplicativos, negócios digitais, futuro do trabalho, entre outros.

Victor Prado, fundador do For Games, também acredita na utilização de jogos eletrônicos nas salas de aula. Com o torneio de games ‘Couch Masters’, Victor pretende levar informações sobre e-esporte para jovens.

Letícia Santos

Letícia Santos

[email protected]