Escolas apostam em tecnologias educacionais para se adequar à BNCC

Matific-BNCC-inoveduc-destaque
Débora Thomé
Escrito por Débora Thomé

Escolas públicas e privadas que utilizam plataformas educacionais saem na frente diante da exigência do Ministério da Educação (MEC) de ensino por habilidade. Seguindo as diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), serão as primeiras a reorganizar o currículo e entregar suas atividades — já alinhadas — em poucos dias.

. Escolas públicas superam privadas na Olimpíada Digital da Matific

As escolas precisam se adequar às diretrizes fixadas pela BNCC e estabelecer os conteúdos essenciais que deverão ser ensinados em todas as instituições de ensino no Brasil. Também devem ser consideradas as competências e as habilidades que deverão ser adquiridas pelos alunos.

A recomendação, descrita no texto da BNCC, determina que o ensino fundamental deve ter compromisso com o desenvolvimento de habilidades como raciocinar, representar, analisar, comunicar e argumentar matematicamente.

Matific porporciona rápida adequação à BNCC

A plataforma de jogos de Matemática Matific já é utilizada por cerca de 100 mil alunos e 450 colégios no Brasil. Do ensino fundamental ao sexto ano é, atualmente, uma das principais ferramentas de adequação à BNCC.

. Pesquisa prova que tecnologia é aliada da aprendizagem da Matemática

A ferramenta tecnológica permite que os colégios e os professores aprendam a usar a base comum em sala de aula.

Este é o caso de mais de 60 instituições públicas de ensino no país. Entre elas está a Escola Estadual Henrique Dumont Vilares, de São Paulo (SP), primeira colocada no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), e a EE Padre Pasquale Filippelli, de Diadema (SP).

. Professores de Matemática dizem como é a formação continuada que desejam
. Matific: falta capacitação em edtech para professores de Matemática

Obviamente, é irrealista esperar que professores preparem e tragam para sala de aula centenas de artefatos e criem diversas formas de interação. Ao invés disso, usam a Matific para promover tais dinâmicas, usando simulações digitais envolventes e realísticas”, disse Szyller.

No setor privado, as redes de colégios Marista, Rio Branco e Salesiano também utilizam a plataforma de gamificação para alinhamento à BNCC.

Débora Thomé

Débora Thomé

Editora-chefe
[email protected]