Unicesumar usa o ensino híbrido nos cursos de Engenharia

metodologia-híbrida- Unicesumar- divulgação- inoveduc
Juliana Favorito
Escrito por Juliana Favorito

A universidade Unicesumar inovou ao adotar o ensino híbrido no curso de Engenharia nas áreas de Civil, Elétrica, Mecatrônica, Mecânica e Produção. A metodologia foi desenhada para os alunos de ensino a distância (EAD).

A mudança foi decidida com base na necessidade de qualificar os processos de ensino-aprendizagem. Dessa forma, a Unicesumar integra o modelo híbrido às metodologias ativas, possibilitando aos alunos uma experiência por meio do uso de novas tecnologias.

. 7 mudanças estratégicas para melhorias no ensino híbrido

A metodologia híbrida para os cursos de Engenharia oferece aos estudantes aulas em laboratórios reais, com acompanhamento de perto. Além de salas de aulas invertidas, permitindo que o aluno exerça o protagonismo no processo de aprendizagem.

Unicesumar - ensino híbrido - divulgação - inoveduc

Uma das salas de aulas investidas da Unicesumar (Foto: divulgação)

“Essa abordagem apresenta práticas que integram o ambiente online e encontros presenciais. Possibilita um maior engajamento dos estudantes por meio da oferta de experiências de aprendizagem que estejam ligadas às diferentes formas de aprender”, disse a coordenadora geral de metodologias ativas e cursos híbridos da Unicesumar, Thuinie Daros.

Estrutura das aulas são divididas em ao vivo e presencial

Os cursos são oferecidos em 39 polos, em diversas localidades do Brasil. Thuinie Daros explicou que a estrutura dessas aulas estão divididas da seguinte forma:

– Na segunda-feira, os alunos participam da aula ao vivo na qual podem interagir em tempo real. Essa comunicação é feita com o professor da disciplina. Além disso, as turmas são mediadas por um conjunto de outros educadores, intitulados como professores mediadores
– Em outro dia da semana, os estudantes de engenharia devem comparecer ao polo da sua cidade para participar do que se intitula “Vivências de práticas ativas específicas”.

Cursos de Engenharia adotam diversas metodologias

Os cursos de Engenharia utilizam recursos do EAD. Também foram adotados novos métodos, como realidade aumentada, pílulas de aprendizagem por meio de QRCodes e trilhas de aprendizagem.

Thuinie Daros frisou que o ensino híbrido, junto com as metodologias ativas nos cursos de Engenharia, fornecem uma pedagogia dinâmica e centrada na criatividade. A partir disso, cresce uma perspectiva de construção do conhecimento, protagonismo e autodidatismo.

. 3 maneiras de implementar o ‘blended learning’ na sala de aula

Além da capacidade de resolução de problemas, desenvolvimento de projetos, autonomia e um maior engajamento no processo de ensino-aprendizagem.

Com esse tipo de ensino, os resultados das avaliações aplicadas apontam para uma maior capacidade de retenção dos conhecimentos. Isso ocorre devido aos elementos de aprendizagem integrados com as experiências práticas e simuladas nos encontros presenciais.

Juliana Favorito

Juliana Favorito

[email protected]