Unisinos mostra aos seus alunos o caminho para empreender

Tecnosinos-Unisinos-Inoveduc
Letícia Santos
Escrito por Letícia Santos

Cada vez mais jovens que atuam em diversos setores do mercado estão assumindo uma postura empreendedora. Para as instituições de ensino, tornou-se um desafio inserir em suas metodologias atividades que estimulem essa tendência.

Partindo desse ponto, a Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) – localizada na Região Metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul – criou, em 2011, o eixo de empreendedorismo que atende a 95% dos cursos da universidade.

Tecnosinos-Unisinos-Inoveduc

“A Unisinos entendeu que o empreendedorismo deveria fazer parte dos cursos de graduação. Criou um eixo, que é um conjunto de três disciplinas, onde os alunos têm uma relação com a temática empreendedora”, explicou Carlos Eduardo Aranha, gerente da Unitec, unidade de inovação e tecnologia da Unisinos.

Na disciplina um, os universitários têm o primeiro contato com o universo do empreendedorismo. Na disciplina dois, é proposto que eles desenvolvam um projeto de empresa de base tecnológica. Por fim, na disciplina três eles têm contato com as fontes de financiamento para ajudar a desenvolver suas empresas.

“Essa geração está muito envolvida com essa pauta de empreendedorismo e inovação. A criação de startups é a forma de eles mostrarem ao mundo o quanto estão engajados com essa causa.”

Criação de startups e incubação estão no radar da Unisinos

Além de elaborar projetos de startups, os universitários têm a possibilidade de implementar suas ideias na Unitec — incubadora da universidade localizada no Parque Tecnológico da Unisinos, o Tecnosinos.

O parque tem como objetivo levar para a região do Vale dos Sinos empresas de base tecnológica que gerem impacto no desenvolvimento sócio econômico e ambiental.

Carlos destacou outras duas formas de interação entre os estudantes da Unisinos e o parque tecnológico. Clique nos cards abaixo e confira detalhes:

Letícia Santos

Letícia Santos

[email protected]