YouTube oferece US$20 milhões em chamadas para teacherpreneurs

Débora Thomé
Escrito por Débora Thomé

O YouTube está ampliando os recursos educacionais disponíveis em seu site. Foi criada uma reserva de US$ 20 milhões destinada, em parte, a apoiar a criação de novos conteúdos por indivíduos e organizações. A ação beneficia, em especial, os teacherpreneurs.

. Teacherpreneur: saiba como se tornar um professor empreendedor

A plataforma de compartilhamento de vídeos anunciou este ano um esforço chamado YouTube Learning. A CEO do YouTube, Susan Wojcicki, disse que daria subsídios e promoções de empresas e outros que passam por um processo de inscrição.

Susan-Wojcicki-teacherpreneurs-CEO-Youtube

Susan Wojcick, CEO do YouTube

Susan Wojcicki esclareceu que a organização investiria US$ 20 milhões no YouTube Learning para apoiar vários esforços. Incluindo a criação de um “Learning Fund” para criadores de conteúdo.

“Estamos empenhados em capacitar tanto os criadores que querem compartilhar seus conhecimentos com o mundo quanto os usuários que chegam à nossa plataforma para aprender”, escreveu a CEO em um post no blog da empresa.

Apelo do YouTube é claro entre a ‘Geração Z’

O YouTube, plataforma de hospedagem de vídeo baseada no Vale do Silício, foi fundada em 2005. Um ano depois, foi comprada pelo Google. Atualmente, não faltam motivos para pensar que o conteúdo do YouTube, se é interessante e academicamente valioso, tem o potencial de repercutir entre os alunos.

. Nativos digitais: sua instituição está adaptada?
. YouTube Kid-se você também
. Eleva Educação adota minisséries e leva youtubers para suas escolas

Uma pesquisa divulgada no início deste ano pela Harris Poll descobriu que a maioria dos alunos da “Geração Z” prefere aprender com o YouTube e outros conteúdos de vídeo, em comparação com livros impressos.

O YouTube publicou um guia destinado a fornecer dicas aos desenvolvedores de conteúdo. Há tópicos sobre materiais que alunos e professores considerem atraentes e úteis. Abrange desde conteúdo até como formatar materiais online, prós e contras de criar vídeos como animações, palestras e lição de casa.

Prazo para inscrever projeto no YouTube Creator vai até o dia 30

As inscrições para o Fundo de Aprendizagem do YouTube devem ser entregues até 30 de novembro. Os candidatos devem mostrar que apresentarão conteúdo educacional de maneira “factual, informativa e confiável” que demonstre atenção à precisão e objetividade.

Os projetos qualificados devem gerenciar pelo menos um canal do YouTube com 25 mil inscritos. Também precisam demonstrar uma estratégia para desenvolver “conteúdo de várias sessões”. Ou vídeos que se baseiam uns nos outros, de acordo com as regras postadas pelo YouTube.

A pltaforma também deixou claro o interesse em apoiar criadores de conteúdo com um histórico. Não apenas aqueles que podem ter uma ideia que desejam publicar.

Com informações do EdWeek

Débora Thomé

Débora Thomé

Editora-chefe
[email protected]