Zoom Education for Life apresenta novas soluções na Bett Educar

zoom-bett-inoveduc-destaque
Débora Thomé
Escrito por Débora Thomé

BETT-EDUCAR-SELOIntegrar espaços físicos, tecnologia e metodologias ativas de ensino aos processos pedagógicos. Esse é o objetivo do programa “Active Learning Ecosystem”, lançado pela Zoom Education for Life na Bett Educar 2018. Alinhada às competências do século 21, a empresa trouxe para a feira as soluções que integram seu portfólio de aprendizagem ativa.

. Zoom lança ecossistema de aprendizagem criativa na Bett Educar

A principal proposta do “Active Learning Ecosystem” é transformar a sala de aula em um ambiente onde os alunos se sintam instigados. O fundados da Zoom, Marcos Wesley, usa toda a experiência acumulada nos 22 anos de atuação na área de robótica para desenvolver uma série de projetos.

 

Dois novos programas extracurriculares também foram lançados em plena feira. O Genius, de iniciação à robótica e à cultura maker para crianças de 7 a 10 anos, foi um deles. A proposta é desenvolver competências cognitivas e socioemocionais em contato, desde cedo, com a linguagem de programação.

 

[galeria-inoveduc]

Fotos: Eric Ribeiro

Já o Roboter é destinado a estudantes acima dos 10 anos de idade. O programa, basicamente, propõe a montagem de um robô, em equipe. A partir da montagem e da programação, é iniciado o desafio de solucionar problemas do cotidiano e participar de torneios nacionais de robótica.

Movimento Maio Amarelo ganha versão kids com a Zoom

Em parceria com o Observatório Nacional de Segurança Viária, a Zoom desenvolveu o Maio Amarelo Kids. A proposta é um aprendizado sobre mobilidade urbana por meio de um jogo lúdico e interativo. O aplicativo premia os mais bem colocados na competição, em um concurso cultural.

Zoo-Maio-Amarelo-Bett-Educar-Inoveduc

Cacá Monteiro, sponsor do Maio Amarelo Kids, e Marcos Wesley, fundador da Zoom (Foto: Débora Thomé)

A iniciativa está alinhada ao tema do Movimento Maio Amarelo 2018, “Nós somos o trânsito”. Mas é dirigida ao público estudantil do primeiro ao sexto ano do ensino fundamental e suas famílias. A ideia central é que os alunos participantes se tornem multiplicadores do aprendizado proposto pelo game.

. Empreendedorismo potencializa conceitos das metodologias ativas

A Zoom espera a adesão de mil escolas. Dessa maneira será possível impactar cerca de 100 mil crianças na compreensão aos elementos e às situações vivenciadas nas vias públicas. Tanto na condição de pedestre como na de passageiro.

“Acreditamos que a educação para o trânsito deve ser iniciada nas escolas. Deveria estar incluída às matérias curriculares, pois está vinculada às questões sociais, à construção da cidadania, envolvendo diferentes aspectos da convivência coletiva”, disse Wesley.

Como participar do ‘Maio Amarelo Kids’

Para participar do Maio Amarelo Kids, educadores ou responsáveis devem realizar o cadastro da instituição de ensino no site do programa. A participação está aberta a escolas públicas ou privadas de todo o país.

A escola ganha pontos com a participação dos alunos que desenvolverem ações de educação para o trânsito para a comunidade do entorno. Para jogar, os alunos e seus familiares precisam baixar o app, gratuitamente, em seus tablets ou smartphones.

Débora Thomé

Débora Thomé

Editora-chefe
[email protected]